Resenha: Doenças que mudaram a história

Doenças que mudaram a história

Nome: Doenças que mudaram a história

Autor: Guido Carlos Levi

Editora: Contexto

Nota: 

Comprar: https://amzn.to/2SSLuMR

Sinopse: Doenças têm o poder de alterar o andamento do processo histórico? A resposta é positiva para o autor deste livro, o médico infectologista Guido Carlos Levi, com décadas de experiência no serviço público e privado.

Uma vez por mês, oito médicos se reúnem para jantar e conversar. Além da profissão, eles compartilham a paixão pela História, em particular pelo estudo de doenças que influenciaram no desencadeamento e na evolução de acontecimentos históricos. O tema dos encontros: de que modo doenças como varíola, tifo, escorbuto, cólera alteraram o destino de povos e nações?

O resultado é uma obra gostosa de ler e cheia de informações relevantes.

Minha Opinião: Ganhei este livro no ano passado e iniciei a leitura antes dos desdobramentos da pandemia de coronavírus, mas acabei fazendo pausas, apesar do enxuto livro. Neste meio tempo acabei retornando a leitura no começo de fevereiro e logo depois estourou tudo que está acontecendo até agora .

Após toda essa apresentação, trago a minha experiência com o livro do Guido Carlos Levi;

Logo pelo título acreditei que o livro seguiria por um viés de algum tipo de enciclopédia, mas o autor conseguiu trazer um grupo de médicos estudiosos dos mais diversos recortes sócios-culturais, em conversas dentro de uma pizzaria para  entenderem do surgimento de cada doença.

 

O livro tem uma didática muito clara, leitura fluída, mas sem perder os detalhes necessários para a compreensão do leitor. O autor ainda colocou um pouco de romance entre os personagens, tal característica que coloco como uma das poucas negativas, visto que acaba sendo um fator que não agrega o enredo. Em contrapartida o grande ganho do livro é a narrativa com os causos dos médicos em meio as explicações sobre as doenças.

 

*Fotografia autoral. Reprodução não autorizada 

 

por gabriel