Resenha: Silêncio de Marias -Núbia Pimentel

 

Nome: Silêncio de Marias

Autora: Núbia Pimentel

Editora: Chiado

Nota:

Sinopse: “Silêncio de Marias” é composto por doze pequenos contos que apresentam casos da vida de mulheres simples, são histórias singulares, mas com um fio condutor que as costuram compondo uma narrativa única. Maria é a personagem alegórica que tece as vidas de outras tantas Marias. A voz do narrador se confunde com as dos outros personagens, revelando ciclos de silêncios peculiares ao universo feminino os quais, em certa medida, atravessam a existência de todos nós.

Onde comprar: Livraria Martins Fontes

Redes sociais: @nubia_pimentel13

Minha opinião: O silêncio de Marias é um livro com 12 micro contos que abordam questões dramáticas na vida de mulheres de origem simples. Qual nome representa mais as mulheres brasileiras do que “Maria”? Difícil pensar em outro, né? Tanto é que temos uma lei que se chama “Maria da Penha”, que recebeu justamente esse nome por causa da responsável por lutar por essa lei, que é Maria da Penha Maia Fernandes.

A obra de estreia de Nubia Pimentel, que é pós graduada em Literatura Brasileira, mostra uma escrita muito rica, mas com um traço direto. A autora em nenhum momento usa firulas. 

ou se apega a muitas descrições para abordar a história dessas mulheres. 

Tudo muito nu e cru. 

“Maria agora canta e interpreta em casa, quando lava a louça, o banheiro, quando toma banho com a cria, quando narra suas histórias de menina”.

O destaque vai para os contos: ”outras fotos” ,”No interior” e “A fuga das meninas”. 

As temáticas navegam pela violência contra a mulher, desigualdade social e relações  familiares. 

Tudo em um tom de cotidiano, do dia a dia. Nada além do real. 

“Fecha a perna, menina” “Era uma das frases que Maria mais ouvia quando criança. Parece moleque macho”.

Cada conto se passa em épocas diferentes, o que proporciona um pano de fundo de referências culturais distintas de cada época, mas proporciona ao leitor uma reflexão, de como todos aqueles acontecimentos acabaram ficando perpetuados em nossa sociedade. 

É clara uma evolução em relação a diversas questões das pautas envolvendo a mulher, mas o Brasil é um país de muitos interiores. De uma complexidade enorme.

Então, por outro lado, muitas coisas continuam iguais… infelizmente.

por gabriel