O Filme Segundo o Escritor: Asas de Sangue- Alianças

Texto por Rodrick MarsMoon 

Asas de Sangue - Alianças - Editora Viseu

O meu primeiro livro se chama Asas de Sangue- Alianças, e é o começo de uma saga de seis livros que fala sobre um mundo em que Jesus e o Anticristo voltam enquanto anjos, bruxas e vampiros se preparam para enfrentar demônios, lobisomens e anjos decaídos no Apocalipse, no dia exato em que o selo que prende Lucifer no Inferno se desfazer, possibilitando o retorno dele ao mundo.

Estou escrevendo a saga em uma narrativa semelhante à de Crônicas de Gelo e Fogo e Duna, do ponto de vista de vários protagonistas, incluindo dos vilões, cada um tendo uma função diferente em toda a preparação, o que me possibilitou tornar as tramas mais orgânicas e fluídas, não precisando forçar a história para fazer um único protagonista se envolver em 1001 situações só para mostrar o worldbuilding da saga; cada protagonista está em um lugar no mundo fazendo uma coisa diferente a cada capítulo, se preparando como podem enquanto resolvem assuntos inacabados do passado, sendo esses cruciais nesse livro ou nas sequências. Assim, os leitores conhecem esse universo pelo ponto de vista tanto de novatos quanto de veteranos.

Aliás, o livro está à venda no site da Editora Viseu. 

Sobre os personagens, vão descobrir quando eu for falar do elenco; por enquanto vamos focar na parte técnica da adaptação. Aliás, essa é uma coisa muito negligenciada por muitos autores, pois falham em perceber que uma ótima escolha para quem estará atrás das câmeras importa tanto quanto – às vezes, até mais – do que de quem estará na frente.

Então, no meu caso, eu adoraria que a minha saga não se tornasse filmes, mas sim uma série de duas temporadas de dez episódios de uma hora cada na HBO Max, três livros por temporada, tendo a mim como showrunner e com os vinte roteiros escritos por mim mesmo junto com Chris Terrio, que roteirizou o filme Argo e ganhou um Oscar por isso, conhecido por incluir temas reais e humanos nas histórias e tornar real o irreal nas histórias, que me ajudaria a tornar os roteiros um pouco mais cinematográficos sem deixar de ser complexo e bem elaborado.

E além do mais, tem algumas coisas do primeiro livro que me arrependo de ter feito, então transformar as ideias arrependidas em outras melhores seria ótimo.

Aliás, se tem uma coisa que ninguém gosta (além dos do contra, mas para esses a gente vira a outra face mesmo) é quando pegam aquele livro com reviravoltas mirabolantes, tramas profundas e impactantes e transforma em um filme raso e genérico que acaba não tendo nada de incrível para mostrar. Os leitores se ofendem, o público que nunca leu o livro percebe que o filme é ruim, ninguém gosta.

O meu maior objetivo acabou se tornando me formar em cinema e dedicar a minha vida a ser o diretor/showrunner de filmes e séries de livros exclusivas na HBO Max (e talvez uns filmes de livros para o cinema, na Warner), sempre garantindo que se tornem adaptações mais fiéis possíveis, que os leitores ponham total confiança em mim para traduzir os livros e sagas que tanto amam em filmes/séries que estejam, no mínimo, no mesmo nível que as páginas.

O trio que eu adoraria que fizesse a fotografia, produção e direção de todos os episódios seria…

Clay Enos e o casal Deborah e Zack Snyder

Primeiramente porque amo o trabalho que o Clay fez em tantos trabalhos com o Snyder, e desejo demais que a série sobre a minha saga tenha a estética visual que ele põe em todos os filmes, e o fato de ele saber fazer obras-primas visuais com pouco orçamento prova que ele é a pessoa ideal para deixar a série com um visual bem cinematográfico.

E ter os três juntos nessa me deixaria com mais confiança de que as cenas marcantes dos meus livros sejam traduzidas visualmente de forma memorável.

Quando olho para os concept arts, só consigo imaginar como as cenas de batalha dos meus livros ficariam em tela e não paro de sorrir com a ideia…

Agora sim, vamos ao elenco – escolhidos baseados no quão semelhantes os atores são aos meus personagens.

Primeiro vou focar nos protagonistas e vilões, depois em alguns dos secundários mais importantes (os que não têm sobrenome são porque as revelações de quais famílias cada um vem serão cruciais nas sequências):

Jaimie Alexander como General Morte

Kaya Scodelario como Carmilla

Chloe Bennet como Sarah

Sasha Pieterse como Morgana

Elizabeth Gillies como Katherine Manson

Auli’i Cravalho como Suzie Brink

Bella Thorne como Megara Aahbran

As gêmeas Prescott como Claire e Caitlin Sancti

Maddison Brown como Ailyn Swift

Merit Leighton como Elizabeth Popplewell

E tanto para o novo Messias quanto para o Anticristo, Markus e Esther, eu preferiria fazer uma longa sessão de testes com atores novatos, para que o público os veja e não assimile com nenhum outro personagem…

Enfim, os vilões principais:

January Jones como Lilith

Rosabell Laurenti Sellers como Simone

Secundários mais importantes;

Jason Momoa como Lucifer

Isabel May como Gabrielle Karevik

Henry Cavill como Valentim Sancti

Gal Gadot como Lucia

Emily VanCamp como Rebecca Arterton

Kaylee Bryant como Nathaly e Thalya (são gêmeas, mas nunca interagem uma com a outra, então não tem problema ter uma atriz só para ser as duas)

Para interpretar Deus da minha saga ainda estou indeciso, mas tem três atrizes que imagino que seriam ótimas para o papel:

Amber Heard

Rachel McAdams

Katie McGrath

Até uma próxima.

por gabriel